Stand By Me Lesvos

Para os refugiados na Grécia e na Síria, a vulnerabilidade é anterior ao vírus | jpn.up.pt

Onde o isolamento é uma miragem, o novo coronavírus pode encontrar um terreno fértil. Ativistas, médicos e professores partilham as suas preocupações com o JPN. Para quem foge ou vive na guerra, um vírus tende a parecer inofensivo. Mas não é. Pelo contrário, é em espaços como os campos de refugiados da Grécia e da Síria – sobrelotados, com acesso restrito a água, com poucos ou nenhuns cuidados médicos disponíveis – que um surto encontra “as condições quase perfeitas” para se espalhar.

O JPN conversou sobre a matéria com ativistas, médicos e docentes que estão, estiveram ou conhecem as condições vividas nos campos de refugiados dos dois países. Une-os a preocupação pela situação dramática que se pode gerar dentro da situação dramática que já existe.

    

read more

SBML News

Share This